Notícias

https://aerp.org.br/redeaerp/doacao-de-sangue-caiu-mais-de-15-durante-a-pandemia/ | Postado em: 20/09 - 16:20
Doação de sangue caiu mais de 15% durante a pandemia
FONTE AERP<br />
  • FONTE AERP<br />

A pandemia afastou os doadores de sangue e o Ministério da Saúde estima que houve uma queda de 15 a 20% nas doações em 2020, na comparação ao ano anterior. Do sangue extraído de cada doador, são extraídos 4 hemocomponentes, que podem ser usados no tratamento de pessoas diferentes. Ou seja, cada doação pode ajudar a salvar 4 vidas.

Além de ser usado em cirurgias e procedimentos médicos e para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades, o sangue é indispensável para que pacientes com doenças crônicas graves como Doença Falciforme e Talassemia, que precisam de transfusão periódica.

O doador deve estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 quilos. No dia da doação, é preciso estar bem descansado, hidratado e alimentado, evitando alimentos gordurosos nas 4 horas anteriores. A chefe da Divisão de Hemoterapia do Hemepar, Renata Pavese conta que foi montado um esquema em cada unidade de coleta para garantir a segurança de todos e por isso é preciso agendar a doação.

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) é uma unidade da Secretaria de Estado de Saúde. O centro é responsável pela coleta, armazenamento, processamento, transfusão e distribuição de sangue para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todas as regiões do Paraná. Para agendar a sua doação, acesse a página da secretaria da Saúde e clique no botão doação de sangue na barra central. O endereço é saude.pr.gov.br

Outras Notícias

© 2021 . Todos os direitos reservados.
Rua Sete de Setembro, esquina com Rua Independência, 1.475, Edifício Aliança, Centro - Toledo/PR